16 de novembro de 2009

A pequena história de como te esqueci

Vivi com você por anos.
Fiquei te escutando por anos.
Anos te vendo dormir
anos te vendo acordar.

Por anos tentei te entender
foram anos tentando
te sorver
te beber
te provar.

Te enlouquecer.

Anos tentando ter você
absorver você
reconhecer você
anos ouvindo o eco da minha voz
Anos de não saber

Como entrar em você.

Como quem chega em casa e
sem precisar ligar a luz
consegue encontrar cada minúncia
do que é seu,
tentei saber você.

Tentei sentir você
[tuas gélidas e insensíveis mãos]
Teu gélido e insensível tu.
Te vasculhei
Te esquadrinhei.

Anos tentando simplificar você
Simplificar nós dois.
Irracionalizar.


E quando eu fui embora,
não precisei de mais que
um segundo
para entender tudo.

Eu tinha deixado de te amar.
Mas já faziam anos.

Um comentário:

acordaze disse...

Independente do que se faz... escrever ou expor... o bom tem que ser reconhecido como tal. Parabéns ^^