10 de abril de 2010

...Da dor

Vim com defeito de fábrica.
Sou ser humano que se importa
com aquilo que ninguém pára para olhar.

2 comentários:

João Gilberto disse...

E é assim que descobrimos os poetas. Aqueles com a capacidade de sentir as coisas.

Até mais moça.
(Sempre me impressiono com a quantidade e a qualidade do teus textos, sou seu fã).

Klécia Melo disse...

Como disse Drummond, "tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo!..."

A quantidade dos textos vem dos meus dedos sedentos de teclado como um alcoólatra sedento de álcool. Quanto a qualidade, nessa não posso opinar... ^^
Até mais!!!