4 de junho de 2011

O que dói mais que benzetacil?

Um amigo meu ficou doente e foi parar no hospital da nossa pequena cidade, reclamando-se de muitas dores na garganta, um tanto de febre e a má disposição. E como em geral, seu tratamento consistiu em uma boa injeção de benzetacil em lugar que não convém citar. Pois bem, na volta pra casa, o dito cujo definhou meus minutos a entoar a frase "O que dói mais que uma injeção de benzetacil?" como se tivesse entrado numa missão inglória de me torturar até o grau irreversível da loucura.
Não obstante meus repetidos apelos de que ele enfim cala-se sua boca e fosse curtir suas mazelas sozinho, o que me restou junto com uma boa dose de resignação foi pensar acerca dessa acertiva: "O que dói mais que uma injeção de benzetacil?"
Pois bem, eis que o período que parecia fadado a se incorporado aos momentos de expiação pelos meus pecados na Terra rendeu-me algumas valiosas conclusões, que farei questão de repetir ao meu amigo tão logo ele acorde do seu repouso medicamente prescrito.

- Dói mais amor não correspondido. E não ter amor nenhum também dói muito. Insônia por quatro madrugadas seguidas pode ser com certeza comparável a qualquer dor. Madrugada acordado após três noites de insônia sem internet então, nem se fala. Aniversário sem os seus amigos é com certeza uma puta dor. Isso só é pior que aniversário sendo esquecido por seus amigos.
Dor, dor mesmo pode vir de ingratidão. Ou de conformismo. Dor paulatina e caladinha, mas que dói todo dia. Dói a incompreensão. Dói a indiferença. O esquecimento, o abandono e a resignação. Dói uma canção de Henri Salvador sem a companhia de um bom vinho. Dói ainda mais uma canção de Henri Salvador sem companhia nenhuma. Dói tomar um bom vinho na companhia de alguém que nunca nem ouviu falar quem é o cara mas se recusa a ouvir uma estrofe sequer. Da mesma forma que dói adivogado, enchergar e ezagerado. Dói não saber nadar dentro de um parque aquático. Dói não saber voar dentro de um avião que vai cair. Dói não saber voar nem nadar dentro de um avião que vai cair dentro do mar. Viver é negócio muito perigoso, como diria Guimarães Rosa. Dói a falta. Dói não saber falar sobre o que te falta. Dói perder os sonhos, ou descobri-los impossíveis irremediavelmente.
Dói a cabeça durante a ressaca. Em mim dói o estômago também, mas em muita gente não. Dói dedo mindinho no pé da mesa, ou no pé da cama. Dói perder a final do campeonato estadual. Dói mais ainda perder para o maior rival, que por coincidência é o time de coração do cara mais perturbador do seu trabalho. Ou seja, maior que dor é dor com humilhação.
Dói perder um peão do seu jogo de xadrez artesanal comprado em Quixadá do Sul há vinte anos como um exemplar único. Dói encontrar uma coisa pela qual você pagou muito caro por ser única desfilando seu glamour na pessoa atrás de você no ônibus. Dói não ter dinheiro pra pagar o show de Chico Buarque; dói não ter previsão de quando haverá show de Chico Buarque.
Saudade, saudade dói demais até da conta. E cólica, e mau humor de TPM (seja pra homem ou mulher). Dói o pão caído com a manteiga pra baixo, pior se for em cima da sua calça novinha, e na hora que você ia sair. Pra piorar, só se você for o responsável por lavar suas roupas.
Dói noite quente sem nem um ventilador. Em quarto infestado por mosquitos, e sem a posse de qualquer arma letal de extinção em massa.
Dói carrinho de vendedor de cd pirata estacionado ao lado da sua janela. Dói mesmo se for bem na hora que você conseguiu parar pra estudar.
Enfim, lá se vão dezenas de coisas que doem mais que uma benzetacil. E pense bem, sua benzetacil dói aogra, mas é a solução dos seus problemas. Minha lista ai, muito pelo contrário, é onde começa o problema de muita gente.
Se quiser acrescentar um, dois ou vinte itens, fique a vontade.

4 comentários:

João Gilberto disse...

O que dói mais que bezetacil?

A outra injeção se toma depois dele pra evitar alergia.

Sabedorias de uma irmã enfermeira.

Até mais doutora, ótimo texto.

Manuella Resende disse...

A fome principalmente , o não saber usar a fé , o cansaço , a depressão , saber que sofre de de depressão , a sensação de incapacidade , o mal humor , a solidão , o medo , e por ultimo , mas nn menos importante "gases" . Bom texto !

sexo no ar disse...

cetoprofeno

sexo no ar disse...

cetoprofeno